Astigmatismo pode ser tratado com cirurgia a laser

November 30, 2018

Estima-se que dois milhões de pessoas tenham essa imperfeição no sistema óptico, que causa dificuldades para enxergar. Procedimento cirúrgico é alternativa para quem quer deixar de usar óculos ou lentes de contato.

 

 

Dificuldade para distinguir as letras tanto de longe como de perto, visão embaçada e mais sensível a luz. Esses são sintomas do astigmatismo, um erro de refração do sistema óptico que não permite que o globo ocular foque a luz uniformemente. Em alguns casos, os sintomas começam desde a infância e  segundo estimativas, atinge aproximadamente dois milhões de pessoas no Brasil.

 

 

O tratamento deste problema ocular deve ser definido pelo médico oftalmologista e é fundamental para que o problema não aumente. Na maioria dos casos, as recomendações para a correção são lentes de contato ou óculos que permitem adaptar a visão de acordo com o grau apresentado pelo paciente.

 

A novidade é que essa correção também pode ser feita por uma cirurgia a laser. Segundo o oftalmologista Leonardo Volpini, que faz parte do corpo clínico da PMX Centro Oftalmológico em Curitiba, a alternativa pode dispensar o uso de lentes corretivas. “O paciente que optar pela cirurgia refrativa resolve o problema de focalização da imagem corrigindo o erro do sistema óptico, mas a indicação de cirurgia deve ser analisada caso a caso”, explica.

 

A jornalista Renata Lucia Coelho optou pela cirurgia e ressalta que deveria ter feito antes. “É uma outra vida. Ainda estou em recuperação, com a visão um pouco turva, mas, já vendo bem melhor, principalmente à distância que era a minha maior dificuldade”, conta.

 

A cirurgia é indicada para pacientes que querem resolver o problema ou que não se adaptaram ao óculos ou lente. A recomendação é que seja feita em pacientes  acima de 18 anos, por conta da formação e estrutura do organismo, mas é indispensável o acompanhamento prévio, pois existem situações como o astigmatismo causado por doenças que a cirurgia não é aconselhada.  

 

As técnicas mais indicadas para o procedimento cirúrgico a laser são: Lasik e PRK. O Lasik precisa de uma preparação antes de ser aplicado, pois a camada mais superficial da córnea é cortada e só após isso o laser é aplicado. Já o PRK tem uma tecnologia de precisão, cada movimento involuntário do olho é rastreado, e o disparo é feito atingindo o local  programado.

 

 

Causas do astigmatismo

 

O oftalmologia Leonardo Volpini, da PMX, explica que o astigmatismo pode ser adquirido através de doenças ou hereditariamente.

 

Uma das doenças mais comuns é o ceratocone, a deformação ocorre mediante a fragilidade do colágeno da córnea, e sua identificação só é comprovada através de exames, pois não é vista a olho nu.    

 

O astigmatismo pode ser também um problema de visão hereditário, causado pela irregularidade da curvatura da córnea, sendo possível sua identificação logo após o nascimento, mas geralmente só é confirmado na infância quando existem relatos da pessoa que não está enxergando bem.

 

 

Serviço:

PMX Centro Oftalmológico
Rua Presidente Rodrigo Otávio, 1976 | Bairro: Hugo Lange | Curitiba/PR
(41) 3253-1451 | WhatsApp (41) 99889-1050

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA:

Alessandra Lemos (41) 99646-3626

Helen Gutstein (41) 98777-4877

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Perguntas e respostas sobre cirurgia refrativa a laser para miopia

September 22, 2017

1/3
Please reload

Posts Recentes

September 20, 2019

Please reload

Arquivo